23.7.08

DESVENDANDO O AMOR

Passeando pelo TED, assisti a palestra de Helen Fischer, uma antropóloga expert em analisar o amor a partir de uma perspectiva científica. Ela estuda a evolução do amor na história da civilização e analisa as ondas cerebrais de pessoas perdidamente apaixonadas e também de algumas que acabaram de terminar seus relacionamentos para mostrar que o amor é uma necessidade física.

Helen já escreveu 2 livros [Anatomy of Love e Why We Love] para mostrar à comunidade científica que o amor é um dos maiores vícios que existem. E para tornar tudo isso ainda mais incrível, ela mescla o científico e o romântico, combinando um pouco de arte, literatura e poesia com os estudos do cérebro humano. Vale a pena assistir:

3 comentários:

mabrugnolo disse...

Antropóloga do amor...
Gosto muito da seleção do TED, cara. Sempre trazendo, dos mais diferenciados campos, inspiração para nossas idéias... (hum, acho que fiquei com vontade de escrever um poema depois disso).

.... já passou

andrelucas1303 disse...

hahaha

O TED é realmente incrível. Acho muito interessante a multidisciplinaridade que eles colocam nas palestras.

Mas o mais incrível é que, por mais diferentes que sejam as pessoas e os temas, você sempre faz uma reflexão sobre a sua vida depois de ter visto o vídeo. Sensacional.
=D

_linha disse...

"our challenge is to understand eachother"

...cause love is already inside each one of us (biological)

isso basta that's all we need to do!

beijo